Campanha para Bradley Manning receber o Nobel da Paz (3ºano) – Ganhando ritmo

13.04.2013 - Silvia Swinden

This post is also available in: Inglês, Francês, Italiano

Campanha para Bradley Manning receber o Nobel da Paz (3ºano) – Ganhando ritmo
(Crédito da Imagem: Bradley Manning Support Network.)

O delator Bradley Manning foi indicado (pelo terceiro ano consecutivo) para o Prêmio Nobel da Paz, e de acordo com muitos sites ele deve recebê-lo. Estamos incluindo aqui os links para aqueles que gostariam de apoiar a indicação.

Ninguém tem ido mais contra o que Martin Luther King Jr. chamou de “a loucura do militarismo”, do que Bradley Manning. E agora, ainda na prisão e tendo de encarar a perseguição implacável do Governo Estadunidense, ninguém precisa, mais do que ele, receber o Prêmio Nobel da Paz.

O intento de receber o prêmio seria financiar esse trabalho. Considerando a grande soma representada pelas despesas legais, Bradley Manning precisa desse fundo.

Por favor assine este petição (http://act.rootsaction.org/p/dia/action/public/?action_KEY=7612) direcionada ao Comitê Norueguês do Prêmio Nobel”.

“Bradley Manning merece o Prêmio Nobel da Paz”, por Robert Taylor em Policymic  (http://www.policymic.com/articles/32699/bradley-manning-deserves-a-nobel-peace-prize/435187)

“Indicação de Bradley Manning para o Prêmio Nobel da Paz, 2013” por Birgitta Jónsdóttir

1º de fevereiro de 2013 o grupo parlamentar inteiro do “The Movement”, no Parlamento Islandês, os piratas da União Européia; representantes do Partido Pirata Sueco (Sweedish Pirate Party), o ex Secretário de Estado na Tunísia para o Esporte e Juventude indicaram o soldado Bradley Manning por este importante reconhecimento do esforço de um indivíduo em gerar um impacto para paz no mundo. A longa declaração para o pré-julgamento em 28 de Fevereiro, feita por Bradley Manning com suas próprias palavras validou que suas motivações tinham como interesse o bem comum.   

 

Nossa carta para o Comitê do Prêmio Nobel da Paz Reykjavík, Islândia, 1º de fevereiro de 2013

Prezado Comitê Norueguês do Prêmio Nobel,

Nós temos a grande honra de indicar o “Soldado” Primeira Classe Bradley Manning para a edição de 2013 do Prêmio Nobel da Paz.

Manning é um soldado no exército dos Estados Unidos que permanece acusado de liberar centenas de milhares de documentos para o WikiLeaks. Os documentos que vazaram mostraram uma longa história de corrupção, crimes de guerras, e a falta de respeito à soberania de outras nações democráticas através do Governo dos Estados Unidos no que concerne às relações internacionais.

Estas revelações tem influenciado revoltas democráticas em todo o mundo, incluindo a revolução democrática na Tunisia. De acordo com jornalistas, suas ações ajudaram a motivar os movimentos relacionados à Primavera Árabe, jogou luz na influência secreta de corporações nas Políticas Externas e Internas de nações européias, e mais recentemente contribuiu para a administração de Barack Obama concordando em retirar todas as tropas americanas da ocupação no Iraque. 

Bradley Manning já está encarcerado por pelo menos 1000 dias pelo Governo Estadunidense. Ele passou ao menos dez meses desse período em regime de solitária, em condições que especialistas no mundo todo tem considerado como torturantes. Juan Mendez, “Relator das Nações Unidas para Tortura e Crueldade, Desumanidade e Tratamento Aviltante” tem repetidamente solicitado uma visita privada à Manning para conhecer as condições em que ele estava vivendo, mas isso lhe tem sido negado. 

Os documentos que vieram a luz através do WikiLeaks nunca deveriam ter sido ocultados do público. As revelações, incluindo uma documentação em vídeo de um incidente no qual soldados americanos mataram a tiros jornalistas da Agência Reuters no Iraque, tem ajudado a estimular uma discussão mundial sobre as investidas dos Estados Unidos fora de seu território, no que concerne à vítimas civis de guerra e regras de combate. Cidadãos em todo mundo tem uma grande dívida com o delator do WikiLeaks por jogar luz nesses assuntos, e então nós estimulamos o Comitê a conceder esse prestigioso prêmio ao delator acusado Bradley Manning.

Nós já estamos razoavelmente certos que Bradley Manning não será submetido a um julgamento justo, tendo em vista que o líder do Estado, o Presidente Barack Obama, afirmou um ano atrás em um registro que Manning é culpado.

 

Sinceramente,

 

Birgitta Jónsdóttir, Membro do Parlamento pelo “The Movement”, Islândia

Christian Engström, Membro do Parlamento Europeu pelo “Pirate Party”, Suécia

Amelia Andersdottir, Membro do Parlamento Europeu pelo “Pirate Party”, Suécia

Margrét Tryggvadóttir, Membro do Parlamento pelo “The Movement”, Islândia

Þór Saari, Membro do Parlamento pelo “The Movement”, Islândia

Slim Amamou, Ex-Secretário de Estado para Esporte e Juventude (2011)”, Tunísia

Traduzido por David Medeiros

Categorias: Internacional, Não violência, Paz e Desarmamento

Boletim diário

Indique o seu e-mail para subscrever o nosso serviço diário de notícias.


2a Marcha Mundial da Paz e da Não-violência

Milagro Sala

Canale youtube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.