Artistas pernambucanos se mobilizam contra a instalação de usinas nucleares

22.03.2013 - Paulo Genovese

Artistas pernambucanos se mobilizam contra a instalação de usinas nucleares
(Crédito da Imagem: http://bit.ly/104CKPC)

Diante da possibilidade de se instalar uma usina nuclear no nordeste brasileiro, mais especificamente no estado de Pernambuco, a sociedade está se mobilizando para exigir participação democrática e redefinir a questão. Pressenza já noticiou a criação da Articulação AntiNuclear e agora publicamos a opinião de artistas:

Manifesto dos artistas pernambucanos contra a instalação de usinas nucleares

Nós artistas, mas antes de tudo cidadãos e cidadãs, acreditamos que a arte não pode estar descolada da realidade. Os problemas sociais, ambientais, políticos e econômicos, constantemente nos desafiam a pensar e agir como indivíduos inseridos no ambiente e reagindo a ele.  Portanto desejamos através desta ação coletiva colaborar com a reflexão, discussão e desenvolvimento da consciência sobre os problemas e riscos desta política de energia em andamento. Por isso, faremos o esforço necessário para que não sejam instaladas usinas nucleares em nosso País, sem a ampla discussão sobre os reais impactos ambientais, sociais e econômicos que a instalação de tais usinas causariam em Pernambuco, no Nordeste e no Brasil. Somos contra a instalação das usinas e queremos abrir o debate expressando os motivos da nossa opinião através deste manifesto.

A partir da tomada de uma maior consciência dos problemas da opção nuclear com o acidente ocorrido em Fukushima, no Japão, em 11 de março de 2011, consideramos que:

– o Brasil não precisa de usinas nucleares para atender as suas necessidades de energia elétrica;

– possuímos outras alternativas mais limpas e seguras para produzir energia elétrica, sem correr os riscos que oferecem as usinas nucleares, e em particular, o Nordeste brasileiro é abundante em fontes de energia como o Sol e o vento;

– a instalação de usinas nucleares utilizando as águas do Rio São Francisco seria mais um descalabro ao povo sertanejo;

– ninguém tem o direito de impor aos brasileiros esses riscos e as consequências de possíveis acidentes nucleares;

– ninguém tem o direito de deixar para as gerações futuras o pesadelo do lixo nuclear, que continua radioativo por milhares de anos.

– a decisão de construir usinas nucleares no Brasil foi antidemocrática. A população em geral e os vizinhos dos reatores em particular,  não tiveram oportunidade de manifestar-se.

Recife, 11 de março de 2013
Mais informações no site da articulação http://www.brasilantinuclear.ning.com/ e da coalização http://www.brasilcontrausinanuclear.com.br
Categorias: Ámérica do Sul, Direitos Humanos, Ecologia e Meio Ambiente, Internacional

Boletim diário

Digite seu endereço de e-mail para assinar o nosso serviço de notícias diárias.

Pesquisa

Dia da Não Violência

Dia da Não Violência

Informe Pressenza

Informe Pressenza

Caderno de cultura

Caderno de cultura

O Princípio do fim das armas nucleares

Documentário 'RBUI, o nosso direito de viver'

Canale YouTube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

xpornplease pornjk porncuze porn800 porn600 tube300 tube100 watchfreepornsex

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.