Quarta-feira, 7 de outubro: o neofascismo será derrotado no Tribunal de Justiça e em nossa consciência global

07.10.2020 - Pressenza Athens

This post is also available in: Inglês, Italiano, Grego

Quarta-feira, 7 de outubro: o neofascismo será derrotado no Tribunal de Justiça e em nossa consciência global
“Eles não são inocentes. Coloquem os nazistas na cadeia. Encontro na quarta-feira no Tribunal de Justiça em Atenas”.

Há um ano e meio, as equipes editoriais da PRESSENZA na Europa propuseram que a Global Forum DW (parceira de mídia da Pressenza) sediasse um evento no julgamento da Golden Down. Nós estávamos prestes a convidar (arcando com os custos) a equipe da Golden Dawn Watch para conversar sobre o processo do julgamento, além de focar nos aspectos sociopolíticos deste caso. Infelizmente, a proposta foi rejeitada. Esse é um exemplo de como a grande mídia não usou e nem se aproveitou de oportunidades como essa para falar sobre um assunto que representa uma ameaça à democracia das sociedades europeias, e que é uma “crescente preocupação para com nosso futuro”, como eles costumam dizem.

Nessa quarta-feira, 7 de outubro, é o dia do veredito do processo da Golden Down. Estamos falando sobre a organização neofascista criada nos anos 80, e que ganhou forças nas décadas posteriores, tendo o apoio de algumas forças políticas e utilizando uma agenda específica de práticas e ações de extrema direita, como: violência contra imigrantes, militarização de seus membros, reflexos neonacionalistas relacionados ao problema político com seu estado vizinho, Macedônia – sobre o direito de propriedade de seu nome, e com a Turquia pela fronteira de Evros.

A crise econômica no final dos anos 2000 foi o melhor momento para transformar a organização em uma força política, outra vez, com o apoio de outras forças políticas, das quais adotaram uma agenda de direita ou extrema direita.

A Golden Down consegue usar a crise, criar uma retórica repleta de distorções e discurso de ódio, usar violência contra imigrantes e membros da comunidade LGBTQ+, espalhar medo nas ruas usando equipes de assalto, fornecer alimentos apenas para os gregos, ajudar os eleitores mais velhos, e por fim, serem eleitos pela primeira vez nas eleições da Grécia em 2012 e, um ano mais tarde, ingressarem ao parlamento Europeu. Tempos sombrios para o parlamentarismo.

Durante as últimas semanas, uma enorme onda de pessoas que passaram 5 anos e meio lado a lado da mãe de Pavlos Fyssas, que foi assassinado por fascistas, forçou a grande mídia a falar sobre o julgamento e o veredito que se aproxima, através da participação nos protestos, marchas, campanhas e pedindo para o que o povo tome uma posição. Não apenas na Grécia, mas em diversas cidades ao redor do território europeu.

Todos nós que não queremos que o neofascismo condene nossas vidas com sua escuridão temos um encontro marcado na quarta-feira, do lado de fora do Tribunal de Justiça em Atenas.


Traduzido do inglês por Amanda Lustig / Revisado por Isabela Gonçalves

Categorias: Direitos Humanos, Europa
Tags: ,

Boletim diário

Digite seu endereço de e-mail para assinar o nosso serviço de notícias diárias.

Search

Informe Pressenza

Informe Pressenza

Caderno de cultura

Caderno de cultura

O Princípio do fim das armas nucleares

Documentário 'RBUI, o nosso direito de viver'

Canale YouTube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

xpornplease pornjk porncuze porn800 porn600 tube300 tube100 watchfreepornsex

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.