poema

Ao pensamento

POEMA     Em pensamento eu posso me aglomerar com os amores da minha vida e ir em paz para a rua democrática e convidativa ao abraço forte e coletivo pelo qual o amor se expande e se lança para…

Catarse

POEMA     Sinto raiva quando olho lá pra fora e vejo o mundo cheio de desejos desesperados por existir de qualquer maneira, de qualquer jeito e sem cuidado. Sinto vontade de gritar! e mandar todo mundo congelar, um minuto,…

Aos pés do jequitibá

POEMA     Por Alfredo Soares*   Jequitibá, jequitibá Debaixo de sua copa frondosa Descanso meu corpo exausto Labutei o dia todo Nem tive pausa pra matutar Minha mão calejada A sangrar Minha coluna enferrujada Quem nem a pá da…

A vida, sem dúvida

POEMA     Por Iván Maia   “Se dependermos do mercado o planeta será derrotado” (Gilberto Maringoni) Entre a dívida e a vida Não pode haver dúvida: Pelo pagamento de juros, ávida A ambição da elite impede a dádiva Mas…

Pai herói

POEMA     Pai herói, não foge a luta Filho é compromisso Não fode, sua puta! Tapa na cara, porrada, violência doméstica   Pai herói, não foge ao compromisso Filho é luto, é luta. Tapa na cara, porrada, racismo, violência…

Girassol

POEMA     Por Alfredo Soares*   Ela gira sem parar.   Gira feito um pião Gira sorrindo dádiva divina solar Sol no céu azul Fonte de alegria No campo florido Ela só irradia.   A vida reinicia a cada…

Máscara

POEMA     Nem todo sorriso me interessa…   Se você sorrir com a alma em festa, com a livre expressão do seu viver… em paz, em agitação emocionada pela diversidade da Vida… esse sorriso, é pra mim, bem vindo…

Sai pra lá, que eu não sou barranco

POEMA     Por Alfredo Soares   Sai para lá encosto, desaqüenda A vida já é difícil sozinho Imagina com você do lado Pegue seu rumo Passa batido, que não tenho tempo a perder Se queres vencer, trabalhe Não me…

Um Homem Negro

POEMA     Por Alfredo Soares   Un homem negro De pele negra De olhos negros. Tem sangue vermelho nas veias Como qualquer outro homem. Ele caminha sobre duas pernas Quando tem que atravessar a rua, olha para os dois…

Se acalme

PROSA     Depressa… se acalme. Corro porque há tantos caminhos a ir e passa pouca condução pelo adiantado da hora e pelo frenesi dos passageiros. Eu sou um deles, peito ofegante tentando chegar o mais rápido que posso… Mas…

1 7 8 9 10