Pía Figueroa

Co-Diretora de Pressenza, humanista de longa data, autora de várias monografias e livros.

A vida na praça após o terremoto

Interessantes relações vão acontecendo entre os vizinhos de distintas cidades e bairros chilenos, passados alguns dias do terremoto que deixou a muitas famílias sem possibilidades de regressar a suas casas. As praças se converteram em local de acampamento, onde se pode cozinhar juntos, tomar banho e levar uma vida comunitária que não existia antes.

Décimo ano do Fórum Social Mundial

Em Porto Alegre se debate, pela décima vez, como aproximar-se desse “outro mundo” que é possível. A capital do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, celebra uma década de existência do Fórum Social Mundial e recebe 30 mil delegados de diversas organizações, que chegaram para participar da jornada aberta pelo presidente Lula.

Expedicionários da Marcha pela Paz descansam na Base 1 do Monte Ararat

Eduardo Gonzalo, Aurora Marquina, Alvaro Orus,entre outros, alcançaram a pradaria a 3.400 metros, e estabeleceram-se no campo da Base 1, com planos de continuar a escalada em direção ao pico do Monte Ararat, o local místico onde dizem que a Arca de Noé descansou após o Dilúvio. Eles continuarão em direção à Base 2, localizada a 4.500 metros.

Lula recebe prêmio da Unesco por sua ação a favor da paz mundial

“A América Latina vive uma onda vigorosa de democracia, encabeçada por setores historicamente isolados e marginalizados, que hoje têm seu lugar e sua voz nas sociedades mais solidárias”, afirmou o presidente brasileiro ao receber em Paris o prêmio Houphouet-Boigny, do organismo internacional.

Lula defende o desarmamento nuclear em visita ao Cazaquistão

O presidente brasileiro, em sua visita oficial dia 17 de junho ao Cazaquistão, defendeu as iniciativas internacionais de desarmamento, inclusive nuclear. Em encontro com o presidente Nursultán Nazarbáyev, eles reafirmaram a importância de iniciativas internacionais nos campos do desarmamento, não proliferação e de resolução pacífica de controvérsias. Concordaram que os avanços em direção à não proliferação de armas de destruição em massa devem ser acompanhados de passos consistentes em direção ao desarmamento, sobretudo de armas nucleares.

1.000 escolas da Província de Mendoza se capacitarão em Não-Violência

Com o apoio do Governo Estadual e o de Las Heras, se leva adiante o programa de capacitação em Paz e Não-Violência realizado pela Fundação Da Vinci nas salas das 1.000 escolas públicas.

1 2 3