Marcelo Trivelli

Presidente da Fundação Semilla e Membro da Rede Regional de Educação para a Cidadania Mundial da América Latina e o Caribe.

A masculinidade incompreendida dos macacões brancos

A cultura patriarcal exalta a masculinidade e legitima seu poder sobre as mulheres. Ela entende a masculinidade como se fosse algo natural inerente ao sexo. Entre as características que mais revela estão ser imprudente, corajoso, ter força física, ser ambicioso,…

A liberdade caminha de mãos dadas com a educação

No começo da nossa era, o acesso ao conhecimento esteve restrito a pequenos grupos de poder compostos apenas por homens. As mulheres e a população em geral não tinham acesso à educação. Foi somente no século 19 que os Estados…

Educar pelo exemplo

Em um mundo onde os discursos estão cada vez mais distantes dos comportamentos, torna-se relevante a frase que Albert Einstein pronunciou: “Educar pelo exemplo não é uma forma de educar, é a única”. Educar e ensinar são duas palavras que…

Estereótipos roubam a dignidade das pessoas

Um estereótipo é uma imagem, ideia ou descrição inalterável que um grupo social tem sobre outro. Eles são usados para simplificar a vida que já é complexa. São generalizações reducionistas que destacam alguns aspectos e omitem outros. Independentemente de os…

Um ministro da Educação que aposta na convivência escolar

Imediatamente após o terremoto de 2010, assumimos na Fundação Semilla (Fundação Semente, em português) a tarefa de apoiar escolas na zona devastada da região de O’Higgins, por meio de programas de tratamento de estresse pós-traumático. Aos poucos, fomos percebendo que…

Entrada na universidade: onde você nasce e estuda faz toda a diferença

No dia 11 de janeiro passado, foram divulgados os resultados do Teste de Transição (Prueba de Transición, PDT), exame equivalente ao ENEM, aplicado no Chile, para determinar a entrada na universidade. Uma vez mais, fica evidente que, para cursar o…

Reflexões para as férias: uso do smartphone

Alguns dias atrás, revisei minhas estatísticas de uso do smartphone e fiquei impressionado como aumentou o tempo durante o qual eu permaneço conectado a esse dispositivo. Apesar de ter consciência de que o modelo de negócio das plataformas digitais é…

O medo ainda está presente na sala de aula

Em 1999, a Assembleia Geral das Nações Unidas escolheu o dia 12 de agosto como o Dia Internacional da Juventude. A data busca ressaltar a importância do papel dos jovens como parceiros cruciais nos processos de mudança, bem como gerar…

Discurso de ódio acima da razão

Para muitos, é um exagero qualificar como discurso de ódio certas frases que à primeira vista parecem inofensivas ou até mesmo divertidas (para alguns), mas que têm um conteúdo cheio de preconceitos que degradam a pessoa aludida e seus semelhantes.…

A dignidade começa a se tornar um hábito

A instalação da Convenção Constitucional, composta por 155 homens e mulheres eleitos democraticamente, foi uma conquista que muitos de nós sonhamos, mas poucos imaginamos que pudesse se tornar realidade quando assinalamos nosso voto com a sigla AC (Assembleia Constituinte) nas…

1 2