Forças de Israel atacam “Barco da Justiça” e detém ativistas de direitos humanos

As forças de ocupação israelenses atacaram o barco do Movimento Gaza Livre (Free Gaza Movement) o Espírito da Humanidade, seqüestrando 21 ativistas de direitos hunos de 11 países, incluindo a vencedora do Nobel, Mairead Maguire, e a ex-congressista dos Estados Unidos Cynthia McKinney. Os passageiros e a tripulação foram levados à força para Israel.

Coragem, paixão e humor na Cúpula dos Prêmios Nobel da Paz

A paixão e a força de quem se atreve a desafiar o que é aparentemente impossível, o senso de humor de um guia espiritual que sabe comunicar mensagens profundas sem a inútil e pesada solenidade e a presença, mesmo que…

O primeiro dia da Cúpula XIV do Nobel da Paz em Roma

Algumas fotos de Pressenza o primeiro dia do XIV Cúpula Nobel da Paz, em Roma.  

Prêmios Nobel da Paz defendem a eliminação dos muros atuais

Por ocasião do vigésimo aniversário da queda do muro de Berlim, foi celebrada na capital alemã a 10ª Cúpula Mundial dos Prêmios Nobel da Paz. Com o tema “Derrubando novos muros, por um mundo sem violência”, os oradores da sessão de abertura aludiram a tudo o que resta para promover a eliminação dos “muros” que ainda existem hoje.

Rio +20: Prefeitos pela Paz chamam para redirecionar os gastos militares para financiar o desenvolvimento sustentável

Duas semanas antes do início da Cúpula Rio +20 Sr. Kazumi Matsui, o prefeito de Hiroshima e Presidente dos Prefeitos pela Paz adicionou sua assinatura para a [Rio+20 Appeal](http://www.inesglobal.com/Disarmament-for-Sustainable-Development.phtml) pedindo aos governos para reduzirem gastos militares em favor do desenvolvimento sustentável.

O significado da Paz e da Não Violência no momento atual. A Marcha Mundial

Leia na íntegra o discurso de Silo* na Décima Cúpula dos Prêmios Nobel da Paz em 11 de novembro de 2009 em Berlim, Alemanha. Após as boas-vindas dadas por Mairead Corrigan Maguire, pacifista irlandesa e nobel da paz, Silo falou na qualidade de fundador do Humanismo Universalista e inspirador da Marcha Mundial pela Paz e a Não Violência.

A cúpula dos prêmios nobel da paz e Silo: «Por um mundo não violento»

Após as cerimônias da queda do muro, na Cúpula dos Nobel da Paz, o convidado de honra Silo, fundador do Humanismo Universalista, 40 anos depois de seu primeiro discurso público, está convencido da possibilidade de construir a Nação Humana Universal fundada sobre uma cultura de não violência ativa, uma nova sensibilidade traduzida em ações sociais exemplares.

Equipe internacional leva manifesto dos prêmios nobel da paz na travessia pelos 5 continentes

A Marcha Mundial pela Paz e a Não Violência acaba de aceitar a incumbência de ser a embaixadora da “Carta por um Mundo sem Violência” elaborada por 19 membros dos Prêmios Nobel da Paz. O povo Moriori, habitantes originários das Ilhas Chatham e pioneiros na construção da paz, é o primeiro, entre os membros da Marcha Mundial, a aderir a esta Carta.