A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal do Ensino Superior (Capes), órgão do Ministério da Educação (MEC), deixará de repassar, em 2022, recursos na ordem dos 100 milhões de reais aos Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia (INCT), impactando inúmeros programas realizados por essas instituições. Por este motivo, a Academia Brasileira de Ciências (ABC) enviou Carta à Presidente do órgão, Claudia Mansani Queda de Toledo, advertindo acerca dos prejuízos.

Esse cesse de recursos significará que 104 INCT espalhados por todo o país, os quais desenvolvem pesquisas importantes, deverão encerrar várias atividades a partir do próximo mês. A carta da ABC dirigida à Diretora da Capes, Claudia de Toledo ressalta, entre outras questões, que a afirmação de que o órgão não dispõe de recursos “está alterando unilateralmente a vigência de um convênio em andamento e retirando 20% dos recursos aprovados na referida chamada”.

No documento, que também é assinado pela Academia de Ciências Farmacêuticas (ACFB), a Academia Nacional de Medicina (ANM) e a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), é destacado, ainda, que a decisão da Capes “atinge profundamente um dos Programas mais exitosos do país no apoio à Ciência, Tecnologia e Inovação”. As entidades solicitam a revisão da decisão, ou seja, que haja a recomposição do orçamento aprovado, a fim de que o Programa dos Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia (INCT), iniciado através do Edital Nº 15/2008, possa prosseguir.

A Capes já vem demonstrando não se importar com o desenvolvimento do Brasil, uma vez que, não raramente, tem atrasado os repasses de bolsas do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID) de várias instituições universitárias. E o corte desses recursos para os programas de bolsas nos INCT só comprova o descaso do governo atual em relação a questões igualmente cruciais em qualquer país, como ciência e tecnologia.

Trata-se de mais uma consequência danosa de um governo no qual a ignorantes ocupam assentos privilegiados. A Carta aberta está disponível, na íntegra, através de https://www.abc.org.br/2021/12/20/carta-aberta-a-presidencia-da-capes/