POEMA

 

Por Valéria Soares

 

A preta que quebra

Requebra

Faz

Refaz

Rebeca

Refavela

Outros sons

Canta

Encanta

Inspira

Ensina

Preta que chega

Brilha

Ofusca

Reparte

Sonhos

Arregala olhares

Preta faceira

Com sangue de Sampa

Com ginga do Rio

É Brasil de verdade

Que na prata

Mais que o ouro vale

Preta de funk

De alegria

De charme e Beleza

E histórias muitas

Ah! Essa preta quando chega

Ah! Essa preta quando salta

Ah! Essa preta quando passa

É luxo só!