As principais organizações globais humanitárias e de saúde se reúnem para dar as boas-vindas à entrada em vigor do Tratado sobre a Proibição de Armas Nucleares

28.01.2021 - Boston, MA, EUA - International Physicians for the Prevention of Nuclear War

This post is also available in: Inglês

As principais organizações globais humanitárias e de saúde se reúnem para dar as boas-vindas à entrada em vigor do Tratado sobre a Proibição de Armas Nucleares

Na véspera da entrada em vigor do Tratado das Nações Unidas sobre a Proibição de Armas Nucleares (TPNW, em inglês), líderes de seis importantes organizações internacionais humanitárias e de saúde se reunirão pela primeira vez para tratar de seus papéis no avanço da proibição de armas nucleares. A discussão ao vivo acontecerá on-line das 9h15 às 10h10 pelo horário de Brasília na quinta-feira (21 de janeiro), seguida por uma coletiva de imprensa às 10h15.

Uma declaração conjunta, a ser divulgada quando o evento for aberto, afirma que “A crise climática e a pandemia de COVID-19 trouxeram à tona a necessidade crucial de cooperação internacional impulsionada por evidências e alertas de especialistas para proteger a saúde e a segurança das pessoas. As armas nucleares são feitas pelo homem, então a solução para a ameaça está inteiramente em nossas mãos”.

“Acabar com as armas nucleares antes que elas exterminem a humanidade e tantas outras formas de vida é um dever humanitário e de saúde urgente. O TPNW fornece um antídoto vital e é o nosso melhor caminho a seguir”, enfatizam os grupos.

O depoimento estará disponível em https://www.ippnw.org/news/global-health-webinar.

Palestrantes do evento:

  • Tilman Ruff (moderador) – Copresidente dos Médicos Internacionais para a Prevenção da Guerra Nuclear (IPPNW)
  • Mahmood Al-Hamody – Oficial de Ligação pelos Direitos Humanos e Questões de Paz da Federação Internacional de Associações de Estudantes de Medicina (IFMSA, em inglês)
  • David Barbe – Presidente da Associação Médica Mundial (WMA, em inglês)
  • Bettina Borisch – Diretora Executiva da Federação Mundial das Associações de Saúde Pública (WFPHA, em inglês)
  • Erica Burton – Conselheira Sênior em Políticas de Enfermagem e Saúde do Conselho Internacional de Enfermeiros (ICN, em inglês)
  • Véronique Christory – Conselheira Sênior de Controle de Armas do Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV)
  • Carlos Umaña – Vice-Presidente Regional dos Médicos Internacionais para a Prevenção da Guerra Nuclear (IPPNW)

PARA PARTICIPAR:

O programa começará pontualmente às 9 horas (horário de Brasília) com duração de uma hora e 10 minutos na quinta-feira, 21 de janeiro, no Facebook ou YouTube. Os impossibilitados de assistir podem conferir depois na mesma página do YouTube.

Uma coletiva apenas para a imprensa com os palestrantes começará às 10h15, imediatamente após o evento, no site https://global.gotomeeting.com/join/437630637

CONTATOS DE MÍDIA:

Michael Christ +1 781 521 5183 (EUA) ou mchrist@ippnw.org
Tilman Ruff +61 438 099 231 (Austrália) ou tar@unimelb.edu.au
Carlos Umaña +506 8821 1005 (Costa Rica) ou carlos.umana@ippnwcr.org

SOBRE A IPPNW

Médicos Internacionais para a Prevenção da Guerra Nuclear (IPPNW) é uma federação de organizações profissionais de saúde presente em 63 países dedicada à erradicação de armas nucleares (Prêmio Nobel da Paz de 1985).


Traduzido do inglês por Larissa Dufner / Revisado por Gabriela Assis Santos

Categorias: Nota de imprensa, Paz e Desarmamento, Saúde
Tags: , , , ,

Boletim diário

Digite seu endereço de e-mail para assinar o nosso serviço de notícias diárias.

Search

Whatsapp

Pressenza Whatsapp

Informe Pressenza

Informe Pressenza

Caderno de cultura

Caderno de cultura

O Princípio do fim das armas nucleares

Documentário 'RBUI, o nosso direito de viver'

Canale YouTube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

xpornplease pornjk porncuze porn800 porn600 tube300 tube100 watchfreepornsex

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.