(Equador) Greve nacional: o grito das ruas

14.10.2019 - Redação São Paulo

(Equador) Greve nacional: o grito das ruas

Após o anúncio oficial das novas medidas econômicas, sobretudo a liberação do subsídio aos preços da gasolina e do diesel, a união nacional de transportadores decidiu paralisar suas atividades deixando sem transporte público a maior parte do território nacional. 

Desde as primeiras horas de ontem, quinta-feira 3 de outubro, foram observados bloqueios nas estradas, queima de pneus e reivindicação de grupos de motoristas pela revogação imediata da medida econômica imposta pelo governo.

Durante o dia, manifestantes se uniram a esses protestos e caminharam até o Palácio de Carondelet a fim de rejeitar as políticas econômicas favoráveis ao FMI. Estudantes da Universidade Central, principalmente, reuniram-se no centro da capital em direção ao Palácio do Governo. 

Em resposta a esses protestos, o governo dispôs de um contingente policial para restaurar a ordem e conter os tumultos. Abuso e repressão da força policial com atos violentos contra os manifestantes expandiram-se para a imprensa, especialmente colegas fotojornalistas que estavam trabalhando. 

À tarde, o presidente Lenín Moreno decretou estado de exceção com prazo de 60 dias e argumentou que não haverá como voltar atrás com os decretos realizados. Consequentemente, ao longo do dia, os confrontos entre os civis e a polícia se intensificaram resultando num número considerável de pessoas presas e feridas. Aqueles de nós que estão nas ruas são os que vivem essa luta diariamente. Todas as pessoas que foram às ruas são trabalhadores, pais e mães, estudantes e jovens que se cansaram do autoritarismo e cinismo deste governo, que cuidou de todos os interesses, exceto os do povo equatoriano. Esses protestos são o acúmulo de indignação preso num fôlego há mais de 10 anos que finalmente explodiu ontem exigindo uma política digna para o país. 

Veja a reportagem completa em: 

https://medium.com/@fotofluxus/paro-nacional-l-grito-del-pueblo-a-las-calles-449589e0d084

Tradução Karina Rebouças

Categorias: Sem categoria
Tags:

Boletim diário

Digite seu endereço de e-mail para assinar o nosso serviço de notícias diárias.

Pesquisa

Dia da Não Violência

Dia da Não Violência

Informe Pressenza

Informe Pressenza

Caderno de cultura

Caderno de cultura

O Princípio do fim das armas nucleares

Documentário 'RBUI, o nosso direito de viver'

Canale YouTube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

xpornplease pornjk porncuze porn800 porn600 tube300 tube100 watchfreepornsex

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.