EUA denunciam Assange por ‘espionagem’ e apresentam 17 novas acusações contra fundador do WikiLeaks

24.05.2019 - São Paulo, Brasil - Opera Mundi

EUA denunciam Assange por ‘espionagem’ e apresentam 17 novas acusações contra fundador do WikiLeaks
(Crédito da Imagem: Flickr/Opera Mundi)

Pelo Twitter, um porta-voz do WikiLeaks afirmou que ‘isso é uma loucura. É o fim do jornalismo de segurança nacional e da primeira emenda’

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos denunciou nesta quinta-feira (23/03) o fundador do WikiLeaks, Julian Assange, de praticar “espionagem” por receber e publicar informações confidenciais do governo norte-americano.

Ao todo, os EUA apresentaram 17 novas acusações contra Assange, que já havia sido acusado de “conspirar” com a ex-analista militar Chelsea Manning para violar a senha de um computador do Departamento de Defesa.
Se o ativista for considerado culpado de todas as acusações, poderá enfrentar uma sentença máxima de 175 anos de prisão nos EUA.

Segundo Washington, o australiano colocou o país sob “sério risco”, especialmente por revelar os nomes de fontes confidenciais das Forças Armadas e divulgar documentos diplomáticos e relatórios sobre as guerras no Iraque e no Afeganistão.

Pelo Twitter, um porta-voz do WikiLeaks afirmou que “isso é uma loucura. É o fim do jornalismo de segurança nacional e da primeira emenda”.

Assange está preso em Londres desde abril, após ter sido removido da embaixada do Equador no Reino Unido, onde vivia desde 2012 sob asilo diplomático. Os EUA querem a extradição de Assange, assim como a Suécia, onde ele está envolvido em uma acusação de abuso sexual.

Categorias: América do Norte, Cultura e Mídia, Direitos Humanos
Tags: , ,

Boletim diário

Indique o seu e-mail para subscrever o nosso serviço diário de notícias.


Milagro Sala

Canale youtube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.