Projeto de Plebiscitos locais avança no Chile

22.11.2018 - Redação São Paulo

Projeto de Plebiscitos locais avança no Chile

Por 7 votos a favor e três abstenções, a comissão do governo do interior da Câmara dos Deputados do Chile aprovou o texto integral do projeto de lei que reduz os quoruns e facilita a realização de plebiscitos comunais, apresentado em outubro pelo deputado humanista da Frente Ampla, Tomás Hirsch.

O deputado Hirsch expressou que “isto significa que a comissão esta de acordo com o que os plebiscitos comunais sejam uma ferramenta de participação cidadã, que ajude a melhorar e aprofundar a democracia no Chile. Este é o espírito deste projeto de lei”

“Os plebiscitos comunais existem, porém os requisitos para a sua convocação são muito elevados, e o quórum de aprovação requerida é de 50% do eleitorado inscrito na localidade. Nem para as eleições presidenciais se alcança esses percentuais de participação. O que buscamos é baixar os requisitos para que a cidadania possa participar e decidir” – afirmou o parlamentar humanista.

A presidenta da Comissão do Governo Interior, Daniella Cicardini (PS), disse “acredito que esta é uma grande oportunidade, porque damos um sinal importante para a cidadania, a nossa democracia, a participação das organizações da sociedade, que vêm de longe a possibilidade de incidir nas decisões importantes para suas comunidades. Isto foi causado por uma fragilidade em nossa legislação”

Finalmente, o deputado Bernardo berger (RN) assegurou “com a experiência de 12 anos que obteve como prefeito de Valdivia, acredito que é importante considerar todas aquelas convocações, como são os plebiscitos locais, porque é interessante consultar os vizinhos sobre o que fazer em seu bairro, em sua região”, delimitando que “agora temos a oportunidade de ingressar indicações, estando a disposição de debater e votar”.

Categorias: Ámérica do Sul, Política
Tags: , ,

Boletim diário

Indique o seu e-mail para subscrever o nosso serviço diário de notícias.


Milagro Sala

Canale youtube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.