O mundo se une no Equador para proteger a camada de ozônio

06.11.2018 - Quito, Equador - Prensa Latina

O mundo se une no Equador para proteger a camada de ozônio
Reunião das Partes do Protocolo de Montreal, 2016 (Crédito da Imagem: inistry-of-Environment-Rwanda)

Representantes de 197 países se reúnem hoje nesta capital para a segunda jornada da Trigésima Reunião das Partes do Protocolo de Montreal, destinado à proteção da camada de ozônio.

O encontro de uma semana começou ontem com a presença de mais de 600 delegados, cujo principal interesse é buscar alternativas que permitam diminuir as substâncias que comprometem a camada de ozônio e evitar o aquecimento global.

A emenda de Kigali, prevista para entrar em vigência no dia 1 de janeiro do próximo ano, com a meta de reduzir os hidrofluorocarbonetos ou gases poluentes, é um dos temas fundamentais do encontro.

Da jornada de abertura, participou o ministro de Produção, Comércio Exterior e Investimentos, Pablo Campana, quem disse que ‘ser a sede da Reunião das Partes reflete o cumprimento de nosso país do Protocolo de Montreal e é o espaço ideal para divulgar ao mundo o compromisso do governo nacional com o desenvolvimento industrial e sustentável’.

Em sua opinião, o sucesso dessa iniciativa mundial reside no compromisso dos 197 países, reunidos hoje em Quito, para definir mecanismos dirigidos a acabar com o uso de substâncias que esgotam a camada de ozônio.

Durante o encontro, previsto para concluir esta sexta-feira, os delegados analisarão o financiamento de projetos de reconversão tecnológica e novas tecnologias amigáveis ao ambiente para os países parte do acordo.

Vigente desde 1989, o Protocolo de Montreal permitiu a recuperação de um a três porcento da camada de ozônio nos últimos anos.

No Equador, membro do pacto internacional desde 1990, é o Ministério de Indústrias e Produtividade a instituição oficial executora e o foco do mecanismo.

Categorias: Ámérica do Sul, Assuntos internacionais, Ecologia e Meio Ambiente
Tags: , , ,

Boletim diário

Indique o seu e-mail para subscrever o nosso serviço diário de notícias.


Milagro Sala

Canale youtube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.