Facebook derruba rede de Fake News ligadas ao MBL

25.07.2018 - Redação São Paulo

Facebook derruba rede de Fake News ligadas ao MBL

O Facebook excluiu nesta quarta-feira dia 25, rede com 196 páginas de notícias falsas e 87 contas de usuários ligadas ao Movimento Brasil Livre (MBL), segundo um comunicado da rede social, a eliminação ocorreu para impedir a disseminação de mentiras, difamações e falsas notícias, as chamadas “Fake News”. O Facebook emitiu um comunicado relatando sobre a exclusão porém não mencionou quais páginas e contas foram deletadas. A ligação dessas contas e páginas com o MBL foi descoberta a partir de comunicado do próprio movimento em sua página oficial e também por uma matéria da Reuter.

O MBL ganhou visibilidade durante o impeachment de Dilma Rousseff, que ocorreu em 2016. O movimento participou dos protestos que pediam a saída da ex-presidenta. Em nota, o MBL afirma ser vítima de “censura pelo Facebook” e ataca as agências verificadoras de fatos.

As páginas e contas foram excluídas antes das eleições deste ano e representa um esforço do Facebook para impedir a propagação de boatos e notícias falsas, empreendimento que tem sido feito com a ajuda de agências de checagem de fatos, que apuram a veracidade das informações.

A rede social foi duramente criticada durante as eleições norte-americanas. Um dos motivos da vitória de Donald Trump foi a enxurrada de Fake News que impactou a opinião pública norte-americana. Desde então tem realizado um esforço que vai da contratação de agências de checagem de fatos até a mudança de seu algoritmo, para impedir que fake news impactem as disputas políticas.

Neste vídeo, a equipe do 4V desconstrói alguns dos falsos argumentos do MBL e de sua rede de mentiras e intrigas:

Categorias: Ámérica do Sul
Tags: , ,

Boletim diário

Indique o seu e-mail para subscrever o nosso serviço diário de notícias.


Milagro Sala

Canale youtube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.