Onde há Fumaça há Fogo

08.02.2018 - Redação São Paulo

This post is also available in: Espanhol, Francês

Onde há Fumaça há Fogo

Colapso das bolsas de valores traz a tona necessidade da Renda Básica Universal

Sinais de mais uma Crise?

Bolsas de Valores de todo o mundo despencaram nesta terça-feira dia 6 de fevereiro. Tudo indica que isso se deu devido ao aumento da inflação estadunidense ocasionado pela alta dos salários do trabalhadores norte americanos. Este aumento pode modificar a taxa básica de juros, fazendo com que os títulos públicos fiquem mais atraentes do que as ações. As empresas, por sua vez, perdem a capacidade de conseguir dinheiro emprestado junto aos bancos. A bolsa de NY teve sua maior queda em 7 anos.

Muitos investidores norte americanos procuraram vender as suas ações visando ganhos com outros tipos de títulos. Atrelados a taxa de juros, como os públicos. Isso gerou um efeito em cascata, criando uma forte queda no valor dos papéis privados criando uma reação em cadeia nas bolsas de todo o mundo.

A quantidade de vendedores excedeu a de compradores. A regra elementar das Ciências Econômicas entrou em jogo. A queda das bolsas se tornou inevitável e previsível.

Trump fez uma reforma tributária que isentou empresários de impostos. O que diminuiu a capacidade de arrecadação do Estado Americano. Que pode dificultar o pagamento da dívida pública, que já chega a US$ 1 trilhão. A insegurança no sistema pode ter levado os investidores a venderem suas ações. A euforia econômica por parte do empresariado estadunidense deu sinais de crise.

Artigo Leia também “Renda Básica Universal – novo modelo de desenvolvimento”

A História se Repete…

Tanto a crise de 1929 quanto a de 2008 foram responsáveis por grandes desastres sociais. Milhões de pessoas desempregadas vivendo em condições insalubres. As crises são constitutivas do sistema capitalista. Um sistema incapaz de prover o emprego para todos e que tem em seu cerne a reprodução do capital em qualquer cenário, mesmo que para isso seja preciso extinguir animais e devastar reservas naturais. Acabar com todo o planeta e a espécie humana.

As crises são cíclicas. Quando o dinheiro para de circular por conta da acumulação do capital, elas ocorrem. E o capitalismo se reestrutura para garantir novamente a acumulação.

A queda brusca da bolsa de valores pode ser apenas algo momentâneo. Mas historicamente se sabe que o capitalismo passa por ciclos. E as crises se repetem.

Renda Básica. Necessária. Imprescindível.

A renda básica universal é uma política pública necessária para garantir o bem estar social mesmo em tempos de crise e de quebras de bolsas de valores.

A renda básica universal é um projeto defendido em nível internacional por diversos movimentos e partidos, que está sendo testado aos poucos em alguns países e tem trazido resultados muito animadores.

A ideia é simples: Cada cidadão receberá uma quantidade de dinheiro para manter suas despesas básicas como alimentação, transporte e moradia. Todos iriam ganhar uma renda mensal mínima.

Isso iria garantir que as pessoas pudessem se dedicar a estudar e trabalhar com o que realmente gostam e tem vocação, já não teriam que aceitar quaisquer trabalhos efetuados somente para sobreviver, pois o mínimo para sobrevivência já seria garantido a toda população.

Não se pode afirmar categoricamente que estamos diante de uma crise sem precedentes, como a de 1929 e 2008. Mas se pode afirmar com todas as letras que uma mudança é necessária.

 

 

Categorias: Ámérica do Sul, Economia
Tags:

Boletim diário

Indique o seu e-mail para subscrever o nosso serviço diário de notícias.


Milagro Sala

Canale youtube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.