As 7 conquistas iniciais do I Fórum Sim à Igualdade Racial

30.10.2016 - São Paulo, Brasil - Redação São Paulo

As 7 conquistas iniciais do I Fórum Sim à Igualdade Racial
(Crédito da Imagem: Eduardo Biermann)

Resultado sobre o I Fórum Sim à Igualdade Racial

  1. Atração de 250 pessoas em 5h de evento
  2. White Martins, Schneider Electric, Great Place to Work, Coca-Cola,Google, Rede Globo, Instituto Ethos, Locomotiva Instituto de Pesquisas e Rio+B que participaram dos painéis explicando seus posicionamentos em relação à temática racial;
  3. Serasa, Brownie do Luiz, Karamello Rio e Fundo HIG | Cel.lep disseram Sim à Igualdade Racial
  4. Ampliação do número de bolsas integrais de inglês para estudantes negros, de 10 para 30, em parceria com o Cellep em 2017
  5. Sistema B se comprometeu em estudar com o ID_BR formas de parceria para engajar empresas B com a Igualdade Racial;
  6. Museu do Amanhã se comprometeu com o ID_BR em realizar conosco a próxima edição em 2017
  7. Propagação da Candidatura do Cais do Valongo ao Patrimônio Mundial da UNESCO como principal porto de entrada de escravizados do Brasil foi endossada no evento.

“A estratégia para valorização da diversidade na White Martins contribui diretamente para a forte competitividade da empresa no mercado. Nos proporciona inovação e alta produtividade, o que é fundamental para gerar excelência em nossa gestão, qualidade em nossos produtos e serviços e uma relação com nossos clientes pautada na confiabilidade”, analisa Carolina Werneck, gerente de Comunicação e Sustentabilidade da White Martins.

Categorias: Diversidade, Nota de imprensa
Tags: , , ,

Boletim diário

Indique o seu e-mail para subscrever o nosso serviço diário de notícias.


Documentário 'RBUI, o nosso direito de viver'

O Princípio do fim das armas nucleares

2a Marcha Mundial da Paz e da Não-violência

Milagro Sala

Canale youtube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.