Colômbia e Farc concordam em pedir missão da ONU

21.01.2016 - Deutsche Welle

Colômbia e Farc concordam em pedir missão da ONU

Grupo internacional vai supervisionar o processo de cessar-fogo e desarmamento, previsto para começar assim que um acordo de paz for alcançado. Governo e guerrilha dialogam há três anos em Havana.

O governo da Colômbia e o grupo guerrilheiro Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) declararam nesta terça-feira (19/01), em Havana, que vão solicitar uma missão das Nações Unidas para monitorar e verificar um processo de cessar-fogo e desarmamento que pode levar ao fim do conflito armado mais duradouro da América Latina.

Governo e guerrilha também concordaram em pedir às Nações Unidas que o grupo internacional de monitoramento seja formado por especialistas civis de países-membros da Comunidade dos Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac).

A comissão, que iniciará o monitoramento tão logo seja alcançado um acordo de paz, vai trabalhar em conjunto com representantes das Farc e de Bogotá, inicialmente por um período de 12 meses.

“Decidimos solicitar ao Conselho de Segurança da ONU a criação desde já dessa missão política com observadores não armados por um período de 12 meses, prorrogáveis a pedido do governo e das Farc”, esclarecem as duas partes em sua declaração, que foi lida em Havana por representantes de Cuba e da Noruega, países fiadores do processo de paz, e na presença dos negociadores do governo e da guerrilha.

As duas partes dialogam há três anos em Havana para terminar com um conflito interno que já deixou mais de 20 mil mortos e milhões de deslocados. Elas prometeram chegar a um acordo até 23 de março.

Desde que se iniciaram as conversações, em novembro de 2012, as partes já conseguiram fechar quatro dos cinco capítulos que compõem a agenda do processo de paz: terras e desenvolvimento rural, participação política; drogas e narcotráfico; e reparação, verdade e justiça para as vítimas do conflito.

Este artigo não está sob Licença Creative Commons e não pode ser reproduzido de nenhuma forma. O mesmo é válido para a foto.

wn.

Categorias: Ámérica do Sul, Internacional, Paz e Desarmamento
Tags: , , ,

Boletim diário

Digite seu endereço de e-mail para assinar o nosso serviço de notícias diárias.

O Princípio do fim das armas nucleares

2a Marcha Mundial da Paz e da Não-violência

Documentário 'RBUI, o nosso direito de viver'

Milagro Sala

Canale youtube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.