Imigrantes não devem ser apenas aceitos, mas tratados como iguais, diz cientista britânico

25.07.2014 - Redação São Paulo

Imigrantes não devem ser apenas aceitos, mas tratados como iguais, diz cientista britânico
(Crédito da Imagem: Timothy Garton Ash 2009 by Carl-Johan Sveningsson | Wikimedia Commons)

Pulbicado no MigraMundo

A imigração foi um dos temas abordados recentemente pelo Fronteiras do Pensamento, projeto que anualmente promove conferências com pensadores e personalidades do mundo todo no Brasil (em especial São Paulo e Porto Alegre) sobre questões contemporâneas.

Com o título Fronteiras da Imigração, o projeto fez um vídeo com o cientista político britânico Timothy Garton Ash, professor de estudos europeus da Universidade de Oxford, gravado na estação rodoviária de Porto Alegre – um local bem propício, para se abordar o tema, com pessoas indo e vindo o tempo todo durante a gravação.

Para Garton, um país deve absorver quantas pessoas puder e o número de imigrantes recebidos deve levar em conta o fator mais importante: não apenas aceitá-los para que vivam de forma marginal, mas ter a capacidade de tratá-los como iguais.

O vídeo com o depoimento completo pode ser visto abaixo. Para obter as legendas (o áudio é em inglês), basta acioná-las ao lado do símbolo do relógio, no canto inferior direito do vídeo.

Categorias: Ámérica do Sul, Direitos Humanos, Diversidade, Europa, Internacional
Tags: , ,

Boletim diário

Indique o seu e-mail para subscrever o nosso serviço diário de notícias.


Milagro Sala

Canale youtube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.